"As obras de Suas mãos são verdade e justiça; Imutáveis os Seus preceitos; Irrevogáveis pelos séculos eternos; Instituídos com justiça e eqüidade." - Salmo 110, 7-8

sábado, 31 de outubro de 2009

Saramago: o negócio de ofender os cristãos

Tradução feita por mim, do texto de Zenón de Lea

"Em seu último livro, "Caim", o escritor português José Saramago ataca contra Deus, a Bíblia e a Igreja.
Disposto a fazer caixa atacando o Cristianismo, mostra uma inaceitável falta de respeito para com a religião que professam mais de 1 milhão de pessoas. Em Portugal, seu país natal, todo mundo criticou o Prêmio Nobel de Literatura, não só a Igreja Católica, mas também representantes judeus e muçulmanos.
Perde Saramago toda a credibilidade e a própria dignidade, segundo o consenso de escritores e colunistas, apenas por uma questão de lucro. No jornal "Expresso" afirmam "que tudo em Saramago é vaidade e auto-promoção". A edição portuguesa da revista ""GQ" o tacha de "ignorante e blasfemo", "amargo" e "louco por publicidade".


José Saramago. Gagá comunista. Só porque ganhou o Nobel de Literatura (que à cada ano que passa, está visivelmente influenciado politicamente), não quer dizer que é credível, como bem nos alertou o texto acima.

5 comentários:

Fadina disse...

É verdade que o escritor José Saramago deu uma grande escorregada na fama, de tal forma que, muitos dos seus leitores com certeza devem estar recapitulando sobre suas idéias e pontos de vista.
Eu acho lamentável que uma pessoa de reconhecimento público possa agir assim, seja qual for seus motivos. Afinal, ele errou não só pelo desrespeito à religião católica e aos fieis, como também ao tentar chamar a atenção para si de forma tão rude e tão tola.
A impressão que me dá é de um adolescente querendo ser notado, e não a figura de um senhor idoso, ainda por cima, culto, demonstarando claramente a inexperiência com as palavras, a falta de manejo ao se expressar ou exprimir uma idéia.
Que ele não acredite na igreja de Roma, não a aceite, isso não precisa ser usado para promover seus livros!


Maria Fadina

Sara Rozante disse...

Prezada Maria Fadina,

Obrigada por vossa opinião, a qual concordo em absoluto.
Há muito que, como diz o populacho, não dou "trela" à Saramago. Não por causa de seu ateísmo e ideologia socialista, mas por já ter feito esses ataques antes.
Bom, mas que continue destilando seu ódio, o que só fará mal à ele mesmo.
Espero que tenha gostado do blog, e venha mais vezes postar sua opinião.
Cordialmente,

Sara Rozante

olegario disse...

Olá, Sara Rozante
Salve Maria.

Estou lendo o livro do Pe Gabriele Amorth: Novos relatos de um exorcista.

A obra é por demais interessante e antes de tudo um alerta sobre esse século maldito em que vivemos.

Nele - o livro - constatamos de forma detalhada de como o diabo age, conspira e trabalha na destruição do sagrado.

O escritor, Pe Gabriele, tem credibilidade absoluta para ditar os fatos, posto que é tido como o maior exorcista da atualidade, possuindo em seu extenso currículo mais de 30 mil exorcismos já praticados.

O livro, do início ao fim, prende o leitor de maneira assustadora seja pelo relato feito nas estratégias do diabo, tanto quanto pelos testemunhos das vítimas do inimigo.

Por que lhe digo isso?
Muito simples...

O texto que você escreveu comporta o assunto.

In Corde Jesu et Mariae

Olegário

Sara Rozante disse...

Prezado Olegário, Salve Maria!

Obrigada por escrever-me. Já à algum tempo que venho lendo as pessoas falarem bem desse livro, do padre Amorth.
Depois que eu terminar o que estou lendo, irei comprar ele.
Não devemos levar os ateus à sério, posto que o ódio que sentem, volta todo contra eles mesmos. Mas ao mesmo tempo, devemos ficar atentos com suas estratégias para enganar os ignorantes (no bom sentido).
Obrigada novamente, por sua presença em meu blog. É sempre uma alegria ler suas opiniões.
Com Jesus e Maria,

Sara Rozante

Partido Alfa disse...

Todo imbecil se declara ateu. Ai, na hora da morte, se arrepende, pede perdão a Deus, que na sua infinita bondade e piedade pela raça humana, perdoa. É isso.

A autora

Minha foto
Filha da Santa Igreja Católica Apostólica Romana.