"As obras de Suas mãos são verdade e justiça; Imutáveis os Seus preceitos; Irrevogáveis pelos séculos eternos; Instituídos com justiça e eqüidade." - Salmo 110, 7-8

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Húngaros convocam marcha para lembrar assessor de Hitler

EFE

"A organização neonazista NS Front convocou para 15 de agosto próximo uma passeata em Budapeste em homenagem a Rudolf Hess, braço direito de Hitler. O governo húngaro disse que impedirá o ato. "A Hungria não será o paraíso dos neonazistas", afirmou o Executivo, que, em nota, pediu às autoridades que "evitem com todos os instrumentos legais que os neofascistas saiam às ruas".

O pouco conhecido NS Front publicou na internet vários anúncios em inglês e alemão convidando nazistas nacionais e estrangeiros para a manifestação na capital húngara, informou nesta segunda-feira o jornal "Nepszabadsag".

Organizações antifascistas informaram também que, no mesmo dia 15, se reunirão no centro de Budapeste em um "dia de ação pacífica contra a extrema direita".

Antes, os neonazistas se reuniam no túmulo de Hess na Alemanha. Como as autoridades proibiram essa concentração há alguns anos, aparentemente os neonazistas buscam um novo lugar para comemorar.

Hess apareceu enforcado, aos 93 anos, na cela em que passou 46 anos detido, o que o tornou uma espécie de mártir para os neonazistas."

2 comentários:

. disse...

Nós, como tementes a Deus temos que temer e lutar contra o neo nazismo. Não sabia que atos públicos eram ainda feitos em homenagem a estas pessoas.

Donatan da Silveira Cunha

Sara Rozante disse...

Eu também não sabia. E achei essa inatitude do governo húngaro, uma irresponsabilidade. Realmente uma vergonha.
Fique com Deus!

A autora

Minha foto
Filha da Santa Igreja Católica Apostólica Romana.